Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Chave Mestra

Chave Mestra

Ana S. Ferreira e Jornal de Notícias mentem que Trump desvalorizou o número de mortos em Porto Rico e não querem que saibamos que sindicato de camionistas se recusa a distribuir ajuda humanitária

Ana S. Ferreira e Jornal de Notícias mentem que T

 

A "jornalista" Ana S. Ferreira diz no título do seu artigo de ontem para o Jornal de Notícias que "Trump brinca com devastação de Porto Rico após furacão". Mas no seu artigo não é capaz de provar tal acusação, o que faz dela uma mentirosa que tenta virar-nos contra Donald Trump recorrendo a mentiras e informação selectiva, tal como a restante comunicação social portuguesa, sabendo que a maioria das pessoas apenas lê os títulos das notícias.

 

A "jornalista" Ana S. Ferreira diz no início seu artigo que Trump "Desvalorizou o número de mortos e ainda brincou com o custo da tragédia no orçamento federal.". Mas logo a seguir não consegue ir mais longe para defender as suas acusações do que dizer que Trump comparou o número de mortos causados pelo furacão Maria em Porto Rico com o número de mortos causados há uns anos atrás pelo furacão Katrina que matou milhares no Luisiana, apesar de ser um furacão de menor intensidade, e elogiou os responsáveis em Porto Rico por terem agido com competência evitando centenas ou milhares de mortes.

 

A "jornalista" Ana S. Ferreira refere-se a este elogio como um "elogio", considerando que tal elogio aos responsáveis que souberam proteger os habitantes de Porto Rico é descabido, e que desvalorizou o número de mortes em Porto Rico.

 

Depois tenta justificar a sua acusação de que Trump "brincou com o custo da tragédia no orçamento federal" ao escrever o seguinte:

 

"Trump tentou fazer humor para mostrar simpatia com aqueles que foram vitimados pela passagem do furacão na Ilha. Dirigindo-se a Porto Rico em geral, Trump lamentou e disse: "Vocês fizeram-nos rebentar com o nosso orçamento porque nós gastamos uma grande quantidade de dinheiro em Porto Rico". "Mas está tudo bem.""

 

A "jornalista" Ana S. Ferreira no início do artigo reprova a tentativa do presidente de atenuar a tensão com humor e depois diz que apenas tentou fazer humor para mostrar simpatia com aqueles que foram vitimados, sabendo que se a maioria das pessoas só lê o título das notícias, algumas lêem o primeiro parágrafo, e quase ninguém lê o resto do artigo. A "jornalista" mente logo no início e depois não consegue sustentar as suas acusações falsas com factos e acaba até por se contradizer neste último exemplo. Deixa também de fora que o presidente disse que o importante não é o dinheiro que vai gastar mas sim salvar vidas e fazer Porto Rico erguer-se mais forte que antes.

 

A "jornalista" Ana S. Ferreira tenta também no seu artigo manter-nos ignorantes sobre o que se tem passado em Porto Rico relativamente à ajuda humanitária que não está a chegar ás pessoas, propositadamente deixando de fora do artigo que o sindicato de camionistas "Frente Amplio" se tem recusado há duas semanas a distribuir os mais de 10 mil contentores que chegaram de navio e estão a sobrelotar os portos. Isto porque querem receber 50 dólares à hora e enquanto o governador de Porto Rico não assinar esse acordo não vão distribuir a ajuda.

 

Esta situação está também propositadamente a ser encoberta pela Presidente da Câmara da capital de Porto Rico, San Juan, com a clara intenção de culpar Trump pela falta de ajuda. Mas a "jornalista" Ana S. Ferreira deixa propositadamente toda esta informação de fora do seu artigo e escreve apenas o seguinte em relação a este caso:

 

"A visita sucedeu-se a uma troca de acusações acesa entre o presidente dos EUA e a presidente da capital de Porto Rico, San Juan, Carmen Yulín Cruz. A autarca acusou a administração federal de estar a matar a população porto-riquenha com "ineficiência e burocracia".

Em resposta, Trump criticou Carmen Cruz e outros responsáveis de Porto Rico de "fraca liderança" e de não terem capacidade para conseguir que os "seus trabalhadores ajudem"."

Ana S. Ferreira e Jornal de Notícias mentem que T