Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Chave Mestra

Chave Mestra

Antigo director técnico da NSA diz que existe um programa de espionagem doméstica nos EUA desde 2001 e que o actual director do FBI tem conhecimento disso desde essa altura

Antigo director técnico da NSA diz que existe um

 

"O director Comey tem conhecimento do programa de espionagem doméstica da NSA, que se chama Programa Stellar Wind originalmente, podem ter mudado o nome desde 2001, mas este era o nome original do programa do qual ele tinha conhecimento.", disse o antigo director técnico da NSA (Agência de Segurança Nacional dos EUA) William Binney ontem em entrevista à Infowars.

 

"Em 2004 a Casa Branca estava a tentar fazer com que Ashcroft (então Procurador-Geral dos EUA) corrigisse Comey (então Procurador-Geral Assistente dos EUA), porque Comey tinha-se negado a renovar esse programa na altura, como devia ter feito.", acrescentou William Binney.

 

Segundo William Binney, os EUA também recebem dados de espionagem dos serviços de informação de outros países sobre americanos. Toda a espionagem obtida pela NSA fica gravada na sua base de dados e inclui até espionagem feita sobre os juízes do Supremo Tribunal, os líderes do Pentágono (Forças Armadas dos EUA), todos os membros do Congresso (Parlamento dos EUA), e também Donald Trump enquanto cidadão, enquanto candidato a presidente dos EUA, enquanto presidente-eleito dos EUA e  enquanto presidente dos EUA.

 

William Binney diz que o FBI e CIA têm acesso directo a toda a informação gravada na base de dados da NSA. Mais precisamente são cerca de 2000 trabalhadores dentro dos serviços de informação americanos que têm acesso a essa base de dados, apesar de apenas algumas dezenas estarem oficialmente autorizadas para o fazer.

 

Os líderes de governo e dos serviços de informação dos EUA têm repetidamente dito, incluindo perante o Congresso, que a CIA e a NSA não espiam o povo americano.