Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Chave Mestra

Chave Mestra

Diário de Notícias recorre a mentiras em vários artigos para nos fazer acreditar que Trump inventou atentado terrorista na Suécia

Trump fala de ataque na Suécia. Qual ataque Não

 

No seu artigo de dia 20 "Sueco explica a Trump o que realmente se passou na sexta-feira", o Diário de Notícias mente aos portugueses dizendo que o presidente dos EUA inventou um atentado na Suécia durante um comício recente, ao mesmo tempo que tenta afastar a atenção de que a Suécia está debaixo de fogo com a onda de violações, violência e motins cometidos por migrantes que a comunicação social tem intencionalmente escondido das pessoas.

 

No artigo pode-se lêr o seguinte:

 

"Vejam o que aconteceu a noite passada [sexta-feira] na Suécia. Suécia. Quem acreditaria nisto? Suécia!", exclamou Donald Trump num comício na Florida, no passado sábado, referindo-se a um suposto ataque terrorista naquele país."

 

O Diário de Notícias pegou nesta citação de Trump e inventou descaradamente que se estava a referir a um suposto atentado terrorista quando nunca faz referência a nenhum atentado. Foi a comunicação social e outros inimigos de Trump que deduziram que Trump se tinha referido a um atentado, claramente para tentar mais uma vez criar a percepção de que Trump é um incompetente e um mentiroso, mas desta vez também tentando desviar a atenção para o facto de que a comunicação social não tem noticiado o grave problema que a Suécia está a ter há anos por causa dos migrantes em massa que recebeu.

 

Quando falou na "noite passada" na Suécia, Trump estava-se a referir a um programa da Fox News apresentado por Tucker Carlson, cujo episódio da noite anterior tinha exposto como a Suécia se tinha tornado na capital das violações sexuais da Europa, que a sua polícia estava a ser ordenada pelo governo a encobrir crimes cometido por migrantes, e que o governo juntamente com a comunicação social estavam a encobrir os verdadeiros números dos crimes cometidos por migrantes na Suécia.

 

Mas o Diário de Notícias escolheu não referir esta informação. Em vez disso escolheu mentir aos portugueses e tentou manipular a nossa percepção do mundo.

 

Uma citação um pouco mais extensa dá um contexto muito mais aproximado daquilo que Trump tentou expressar, falando livremente e não lendo discursos escritos por habilidosos e manipuladores:

 

"Nós temos que manter o nosso país seguro. Olhem para o que está a acontecer na Alemanha, olhem para o que está a acontecer ontem à noite na Suécia. Suécia. Quem acreditaria nisto? Suécia. Receberam grandes números (de refugiados), estão a ter problemas como nunca pensaram ser possível. Olhem para o que está a acontecer em Bruxelas. Olhem para o que está a acontecer por todo o mundo, olhem para Nice, olhem para Paris."

 

Em nenhuma parte Trump diz "atentado terrorista", apenas faz referência "à noite passada na Suécia", claramente rompendo com o seu raciocínio já que a frase fica "olhem para o que está a acontecer ontem à noite na Suécia", o que é má gramática, isto porque a meio da frase se lembrou de um programa da Fox News que na noite anterior tinha exposto a onda de criminalidade e os motins que têm sido cometidos por migrantes na Suécia e que a comunicação social tem tentado esconder.

 

O Diário de Notícias foi mais longe e escreveu outro artigo também no dia 20 com o título "Trump explica atentado terrorista na Suécia com reportagem da Fox". Neste artigo não só o Diário de Notícia não pede desculpa aos seus leitores por lhes ter mentido anteriormente, como volta a repetir a mentira que Trump inventou um atentado terrorista na Suécia.

 

Não se ficando por aqui, o Diário de Notícias continua com a sua falta de respeito pelos seus leitores no mesmo artigo ao tentar insinuar que Trump acreditava mesmo que tinha acontecido um atentado terrorista na Suécia na noite anterior, mas que é tão incompetente que nem se apercebeu que foi à anos atrás:

 

"O que foi para o ar na Fox News foi uma peça com uma entrevista de Tucker Carlson ao realizador Ami Horowitz, "A Suécia teve o seu primeiro ataque terrorista há não muito tempo, por isso estão agora a provar daquilo que tem vindo a acontecer no resto da Europa", disse o cineasta.

 

Como explica o The New York Times, o ataque em causa deu-se em Estocolmo, foi perpetrado por um cidadão sueco nascido no Iraque e aconteceu em 2010 - antes do início da guerra civil na Síria e antes do início da crise migratória."

 

Também o "jornalista" José Fialho Gouveia escreveu um artigo no dia 20 para o Diário de Notícias com o título "Trump prometeu que seria Trump e há um mês que está a cumprir" onde acusa Trump de "fazer alusão a um qualquer atentado terrorista de que nunca houve notícia" durante o seu recente comício.

 

O "jornalista" José Fialho Gouveia também utiliza a citação de Trump inventada por ele próprio "o que se passou na Suécia na noite passada" quando o que Trump disse foi "Vejam o que aconteceu a noite passada na Suécia.", descendo tão baixo ao ponto de alterar as palavras da pessoa que está a tentar retratar como sendo mentiroso e incompetente.

 

Como se todos estes artigos não bastassem para massacrar o seu público sempre com a mesma mentira e com uma enorme falta de respeito, o Diário de Notícias escreveu ainda mais um artigo, este no dia 19 com o título "Trump fala de ataque na Suécia. Qual ataque? Não houve nenhum ataque" em que também acusa Trump de ter inventado um atentado terrorista na Suécia durante o seu recente comício.

 

Trump explica atentado terrorista na Suécia com r

Sueco explica a Trump o que realmente se passou na

Trump prometeu que seria Trump e há um mês que e

Trump prometeu que seria Trump e há um mês que e

Trump prometeu que seria Trump e há um mês que e