Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Chave Mestra

Chave Mestra

Patrícia Martins Carvalho e Notícias ao Minuto noticiam boatos, dão noticias erradas e ignoram que o ex-director do FBI já admitiu perante o Congresso não ter sido pressionado a parar investigação sobre ligações entre campanha de Trump e Rússia

Patrícia Martins Carvalho e Notícias ao Minuto v

 

No dia 3 de Maio o ex-director do FBI James Comey disse perante o Congresso que ninguém o tinha pressionado para parar qualquer investigação. A comunicação social tem ignorado completamente esta declaração e tem acusado Donald Trump de ter impedido o ex-director do FBI de investigar supostas ligações entre Trump, ou membros da sua campanha, e o governo russo e também de o ter despedido por não lhe ter obedecido, tudo com base num suposto memorando de James Comey que ainda ninguém viu, e o qual James Comey ainda não confirmou existir, e que terá supostamente sido escrito em Fevereiro e supostamente dizendo que Trump o pressionou a parar a investigação.

 

Agora a "jornalista" Patrícia Martins Carvalho vem com um artigo para o Notícias ao Minuto de dia 31 de Maio ignorar todas estas informações e escrever que, segundo a CNN, o ex-director do FBI James Comey vai testemunhar perante o Senado para dizer que foi pressionado por Trump.

 

A "jornalista" diz também que o ex-director do FBI "foi demitido por Donald Trump, cerca de uma semana depois de este ter tomado posse.", o que é categoricamente falso e um erro amador já que Trump tomou posse no dia 20 de Janeiro e o ex-director foi despedido há pouco mais de uma semana.