Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chave Mestra

Chave Mestra

Antigo presidente do banco BB&T mostra como a Reserva Federal é o problema

Antigo presidente do banco BB&T mostra como a Rese

 

A Reserva Federal é o banco central dos Estados Unidos. Este banco é privado e não é obrigado a revelar quem são os seus donos, apesar de se saber quem eles são estudando a história. Este banco central é responsável não só por regular todo o sistema bancário dos Estados Unidos mas também por estabelecer as taxas de juro sobre os empréstimos dos bancos entre outras políticas monetárias.

 

Porque controla a política monetária, o banco pode também criar dinheiro a partir do nada, emprestá-lo, e depois recebê-lo e metê-lo ao bolso juntamente com o dinheiro dos juros sobre o empréstimo. E é isso mesmo que tem feito desde a crise na bolsa de valores de 2008.

 

John Alison, antigo presidente do banco BB&T, escreveu o seguinte em 2014 no Cato Journal para o Cato Institute:

 

"Eu livraria-me da Reserva Federal porque a volatilidade na economia é primariamente causada pela Reserva Federal."

 

"Quando a Reserva Federal está radicalmente a alterar o fornecimento de dinheiro, a distorcer taxas de juro, e a regular em demasia o sector financeiro, está a tornar difícil que haja um cálculo económico racional,"

 

"Os mercados formam bolhas, mas a Reserva Federal torna-as piores."

 

"Uma observação na minha carreira de 40 anos na BB&T: não sei de uma única vez em que os reguladores federais - primariamente a FDIC - tenham identificado uma falha significante num banco com antecedência. Os reguladores são sempre os últimos a chegar à festa depois de toda a gente no mercado (os outros banqueiros) saber que algo se passa. Por isso, nesse contexto, os reguladores têm uma taxa de falhanço de 100%. Na minha experiência, sempre que eles se envolveram com um banco em dificuldades, toram sempre as coisas piores - porque não sabem como gerir um banco.

 

"(Os reguladores) Gostam de falar do "bem público", e ás vezes o bem público e o bem regulatório podem alinhar-se. Mas eles não trabalham para o bem público; eles consistentemente trabalham para o bem regulatório."

1 comentário

Comentar post