Mentiras da comunicacao social e noticias censuradas.

Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chave Mestra

Mentiras da comunicação social e notícias censuradas

Chave Mestra

Mentiras da comunicação social e notícias censuradas

Chefe de auditoria da NATO assassinado - comunicação social em silêncio

Chefe de auditoria da NATO assassinado - comunica

 

No dia 16 deste mês Yves Chandelon, o chefe de auditoria da NATO (aliança militar) desde 1998, foi encontrado morto no seu carro em Andenne na Bélgica a 100 km da sua casa em Lens com um tiro na cabeça e uma arma na sua mão direita. Yves Chandelon era esquerdino. Tinha também 3 armas registadas em seu nome, mas a arma encontrada na sua mão não está registada em nome de ninguém.

 

Como chefe de auditoria da NATO as suas funções de maior relevância eram investigar fontes de financiamento de terroristas e lavagem de dinheiro.

 

Yves Chandelon tinha recentemente entregue documentos ao seu filho como precaução caso alguma coisa lhe acontecesse porque se sentia em perigo. Esses documentos foram entregues à polícia.

 

À excepção da comunicação social belga, esta notícia tem sido mantida em silêncio enquanto a morte do cantor George Michael recebe destaque durante dias por parte da comunicação social portuguesa.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.