Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chave Mestra

Chave Mestra

Ex-chefe do Conselho da União Europeia pede o fim da democracia

Chefe do Conselho da União Europeia pede fim da d

 

“Estou a pedir aos líderes da União Europeia que parem com aventuras como os referendos britânico e italiano ... sobre assuntos doméstico que representam uma ameaça à União Europeia,” disse Robert Fico, primeiro-ministro comunista da Eslováquia e chefe do Conselho da União Europeia (grupo de líderes de cada país da União Europeia) no dia 2 deste mês.

 

Apenas uma pequena minoria dos 28 países da União Europeia consultaram o seu povo em referendo antes de aderir à União Europeia através da assinatura de tratados europeus, e menos ainda consultaram o seu povo em referendo antes das alterações desses tratados.

 

A maioria das leis dos países da União Europeia é criada e aprovada por um corpo não eleito chamado Comissão Europeia que tem o poder exclusivo de criar e aprovar leis a nível da União Europeia. O seu presidente é escolhido pelos líderes dos 28 países da União Europeia a partir de uma lista que ninguém sabe bem como é criada. Este presidente depois escolhe os restantes comissários - um de cada país - atribui-lhes as suas pastas e decide quais são as leis que são aprovadas e obrigatoriamente implementadas pelos países-membros.

 

Os membros do Parlamento Europeu são eleitos pelo povo, mas o seu voto é meramente consultivo e cerimonial.

 

O antigo chefe do Conselho Europeu pede agora o fim de qualquer referendo sobre tratados europeus que têm pouco a pouco retirado o poder ao povo europeu e o têm entregue a corporações multinacionais e burocratas não eleitos.

2 comentários

Comentar post