Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Chave Mestra

Chave Mestra

"Jornalista" José Fialho Gouveia e "especialista" Felipe Pathé Duarte querem-nos cegos

Jornalista Jose Fialho Gouveia e especialista Feli

 

No artigo de hoje do Diário de Notícias com o título "Portugal está no quadro mental de inimizades do Daesh", o "jornalista" José Fialho Gouveia entrevista o autor e "especialista" Felipe Pathé Duarte sobre o seu livro "O Jihadismo Global - Das Palavras aos Actos".

 

Durante todo o artigo são-nos atiradas mentiras e desinformação à cara como a de que os movimentos nacionalistas na Europa estão a ser iniciados por causa dos ataques terroristas islâmicos e não por todos os outros crimes como violações, agressões e roubos cometidos por migrantes, imigrante, refugiados e europeus islâmicos, ou pela centralização extrema de poder nas mãos de corpos não eleitos como a Comissão Europeia que não foi eleita por povo nenhum e no entanto cria e aprova a maioria das leis dos países da União Europeia.

 

O leitor leva também uma enorme cuspidela na cara ao ouvir a repetida desculpa, que já foi por inúmeras ocasiões provada falsa, de que os ataques terroristas islâmicos dentro da Europa são resultado da falta de troca de informação pelas agências de serviços de informação e não por um sistema de imigração, de asilo e de acolhimento de refugiados que já deu provas de não estar a resultar e o qual os governos da União Europeia se recusam a alterar em nome da "solidariedade" e dos "valores europeus" que nada mais têm sido do que um bode expiatório para nos forçar a aturar decisões de governação irresponsáveis e suicidas.

 

Somos também novamente, e como já é hábito por parte do "especialista" Felipe Pathé Duarte, aconselhados a aceitar estes actos terroristas islâmicos como normais e mantidos no escuro sobre as origens do extremismo islâmico e de quem o tem financiado e feito crescer. Talvez porque a resposta a isto é os serviços de informação britânicos MI6 instauraram a família real saudita no poder no início do século passado e têm desde então vindo a radicalizar o islão, bombeando dinheiro para madrasas extremistas (escolas usadas para ensinar crianças a odiar o ocidente e descensibilizá-las em relação ás armas, ao assassinato e guerra) e imans (líderes religiosos islâmicos) extremistas do qual resultou o Wahabiismo (movimento islâmico sunita extremista da Arábia Saudita) que se tornou na Al-Qaeda através do treino e financiamento da CIA, que se tornou no Estado Islâmico através do treino e financiamento da CIA, que juntamente com outros grupos islâmicos terroristas alinhados e com a mesma fonte de financiamento do Estado Islâmico, lança agora uma guerra contra o governo sírio e outros governos no médio oriente com o financiamento dos Estados Unidos, Reino Unido, França, Arábia Saudita, Qatar, Bahrain e outros países da Europa e médio oriente.

 

"Especialistas" como o Felipe Pathé Duarte que contribuem para nos manter ignorantes e desinformados são as únicas pessoas a quem a comunicação social dá uma plataforma para oferecer opiniões e análises, e é por isso que todos eles se repetem e saltam de canal para canal e jornal para jornal, e também porque são poucas as pessoas capazes de se vender e trair a humanidade por tão pouco ou mesmo por nada.

2 comentários

Comentar post